Confluências e Construções Fluídas

01/04 - 31/05
Das 9h às 18h

Antonio Pires é geólogo há mais de 40 anos. Durante toda sua carreira e no decorrer de uma série de viagens pelo território brasileiro, fotografou os diferentes aspectos dos componentes das paisagens no intuito de compreender a interação entre o relevo e seus fatores transformadores.

Ao longo de seus trabalhos nos rios da Amazônia, que se iniciaram em 1989, aprendeu a ver mais do que os aspectos geológicos da paisagem e dos rios, e passou a utilizar a fotografia não apenas como instrumento científico, mas como meio para registrar seu olhar sobre os lugares por onde passou.

Esta experiência tem motivado o geólogo a aprender a “fazer fotografias”, buscando um equilíbrio entre sensibilidade e racionalidade, em oposição a concepção da fotografia como instrumento de trabalho.

Galeria de Imagens