Arte em Questão

11/12 - 06/05
Das 9h às 18h

Arte em Questão

Por Honória Piras

Natural da cidade paulista de Ribeirão Bonito, a artista Honória Piras veio para Limeira no ano de 1951. Sua paixão pelas artes do desenho e da pintura é antiga, porém só começou a produzir em 1961, ainda sem nenhum curso de formação, creditando seu repertório imagético às pesquisas em livros de arte. Seu primeiro professor foi o artista plástico Marciel Oehlmeyer, no ano de 1984, passando a também frequentar os ateliês dos pintores Ilara Machado, de Rio Claro, e Rubens Zacarias, conhecido pelo pseudônimo de Rubenza, na cidade de São Paulo. Aliado a isso, participou de workshops com os artistas paulistas Nadir Aparecido Moro e Demétrio.

Honória Piras atuou como professora de pintura em tela entre os anos de 1990 e 2008, tendo realizado várias exposições em Limeira e em cidades da região, tanto com seus alunos quanto com outros artistas. Entre elas, pode-se destacar a "Mostra de Artes Plásticas Brasil 500 Anos", realizada em Limeira no ano 2000, quando foi-lhe conferida medalha de prata com a obra "O Descobrimento", tendo recebido com a mesma obra medalha de prata na “1ª Mostra Regional de Artes” de Pirassununga-SP.                                                                                                      

No ano de 2006, expôs no Salão de Belas Artes de Limeira (SBAL), tendo recebido menção honrosa pela obra "Graça-Momento de Emoção". Desde o ano de 2005 atua como voluntária na Associação de Reabilitação Infantil Limeirense (ARIL), onde ministra aulas de pintura. Atualmente, Honória Piras mantém um ateliê em Limeira, onde executa suas obras.

Os quadros aqui expostos, uma pequena parcela da produção da limeirense, são fruto de uma atividade de contínua pesquisa e experimentação.  Mais que isso, unem-se pela ideia defendida pela artista plástica de que: "a Arte nasce da sensibilidade do artista e se perpetua pela sensibilidade do admirador".

Galeria de Imagens